Catanduva

Programação de teatro: expressão e arte no Sesc Catanduva

No último mês do ano, a programação de teatro fica aos cuidados da companhia Truks – Teatro de bonecos. A Cia. foi criada em 1990, e desde então apresenta seus espetáculos em eventos e congressos vinculados à educação e à cultura. Notabilizou-se, ao longo dos anos, por seu especial cuidado com o universo das crianças, com o desenvolvimento de uma dramaturgia rica. O grupo se utiliza das formas como as crianças brincam em seus jogos e brincadeiras, o que pesquisa insistentemente há mais de duas décadas. Então, o Sesc Catanduva preparou três espetáculos imperdíveis em dezembro para toda família presenciar.

No dia 9, domingo, é a vez de “Por uma Estrela”. Trata-se da história de um casal de crianças que cresce junto em uma pequena aldeia de pescadores, que aprendem um a amar o outro, mas que, de repente, são separados pela contingência da vida. Uma peça calma, de ritmo lento, temática delicada e com uma bela trilha sonora onde resgatam neste espetáculo, uma bonita e tocante história de amor, com destreza dos manipuladores, e o destaque aqui fica para a tocante história sem diálogos assinada pelo diretor Henrique Sitchin.

Para finalizar, no dia 16, domingo, “A Bruxinha”. A peça convida o público à imaginação e ao desenvolvimento da criatividade. A personagem da premiada autora e ilustradora Eva Furnari, com mais de 30 anos de aparições em livros e tirinhas, ganha corpo – e alma – de boneco, e leva para os palcos toda a sua graça, simpatia e inusitado senso de humor. Com muita simplicidade, e momentos de poesia, a Bruxinha nos cativa e encanta com seus gestos e nos revela uma outra face da realidade carregada de fantasia.

A retirada dos ingressos gratuitos para todas as apresentações teatrais de dezembro pode ser feita nos dias das respectivas na Central de Atendimento da unidade. Os espetáculos são abertos para todo público interessado.

PROGRAMAÇÃO
Por uma estrela
A Cia Truks traz a história de um casal de crianças que cresce junto em uma pequena aldeia de pescadores, que aprendem um a amar o outro, mas que, de repente, são separados pelas contingências da vida. Veremos então o menino sofrer pela saudade e pela dor da separação. Uma longa vida irá vida passar até que ele se torne um homem idoso quando, então, decidirá por uma verdadeira “virada” em sua vida, para ir atrás do seu amor, mostrando que a vida está sempre “começando”, e que cada dia é um novo dia. Um tanto elementar, porém humano, amoroso, sensível.
Dia 9, domingo, às 10h30.| Quiosque A | Grátis | Classificação: Livre.

A bruxinha
Transforma almofadas em dragões, um balde e uma vassoura em um príncipe, dá vida a sapatos que dançam um divertido tango, e assim por diante, até que um monstro muito desajeitado deseja testar a sua varinha de condão. A partir daí, uma ágil sucessão de imagens narra o duelo do monstro com a Bruxinha e seus amigos, como que em uma cena de desenho animado, para que, por fim, tudo acabe em uma grande brincadeira. O monstro vira mais um amigo para a divertida “trupe” de nossa heroína.
Dia 16, domingo, às 10h30.| Quiosque A | Grátis | Classificação: Livre.

Da Redação
Foto – Divulgação/Sesc Catanduva

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo