Mundo

Incêndio na Califórnia atinge região produtora de vinho

O Departamento de Florestas e Proteção contra Incêndios da Califórnia informou que há 17 grandes incêndios sendo combatidos, a maioria na região norte, área produtora do vinho californiano, e também em Anaheim Hills, no sul do estado. A estimativa oficial é de que 38 mil hectares tenham sido atingidos. Dez mortes foram confirmadas.

Um levantamento do governo mostra que 1.500 edifícios de oito municípios foram destruídos pelo fogo. Três quartos da área cultivada no norte foram afetados. Os condados de Napa e Sonoma, onde estão os vinhedos, foram os mais atingidos. Cerca de 1.000 homens trabalharam para combater os focos ontem à noite (9) e na madrugada de hoje (10). Helicópteros foram usados durante a noite no combate às chamas.

As 20 mil pessoas que receberam ordem obrigatória do governo para sair de casa nessa segunda-feira (9) ainda não sabem se poderão retornar hoje. Segundo as autoridades, não se pode dizer se as chamas poderão ser controladas hoje. Cerca de 45 mil pessoas ficaram sem energia, fornecimento de gás e serviço de celular nos condados de Napa e Sonoma.

O maior problema no combate ao fogo são os ventos – entre 50 e 60 quilômetros por hora – que criam novos focos e aumentam a área atingida rapidamente.

O governo da Califórnia decretou estado de emergência na região norte. Outubro é o mês que registra os maiores incêndios no estado, que sofre com a falta de chuva há vários anos.

Nas redes sociais, a população compartilha vídeos com as pessoas correndo, enquanto as chamas avançavam ontem. Em um deles, um enfermeiro corre retirando pacientes, enquanto se vê na janela do hospital as chamas avançarem.

Este é o segundo pior incêndio na região norte da Califórnia desde outubro de 1991, quando 25 pessoas morreram.

Fonte: Leandra Felipe – Correspondente da Agência Brasil

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo