Catanduva

Frejat é atração no Sesc no dia 28 de julho

A programação musical de julho no Sesc Catanduva é puro rock and roll. O mês de julho vem sendo considerado no Brasil cada vez mais o período de referência do rock, a data faz referência ao concerto Lived Aid, um evento internacional de rock que aconteceu em 1985, simultaneamente em Londres e na Filadélfia. Desde então, no Brasil, cada vez mais são realizadas ações comemorativas em julho para festejar o bom e velho rock and roll.

No Sesc Catanduva, julho não será diferente. Para festejar a data, a unidade planejou vários shows para os amantes do estilo, com bandas conhecidas do grande público e outras locais, que estão começando a trilhar suas carreira no mundo do rock. Com essa proposta, a programação musical busca trazer um mix de alternativas ricas para o público, além de oferecer espaço aos novos talentos.

No Quintas do Sesc por exemplo, projeto musical que acontece sempre às quintas às 20h15, o palco fica a disposição das bandas de rock já afirmadas no mercado musical, e nas tardes de domingo, o espaço é para os novos talentos. Essas tardes musicais contam com o apoio da prefeitura Municipal de Catanduva, da Secretaria de Cultura e da Associação Cultural Dell’Arte.

No final do mês, para coroar a programação musical especial de rock, o Sesc Catanduva traz o cantor e compositor Frejat. O concerto acontece dia 28, às 20h30, e os ingressos começam a ser vendidos on line no dia 4, e nas bilheterias do Sesc a partir do dia 5 de julho.

Roberto Frejat sempre soube que queria ser músico. Quando convidado a ensaiar com o Barão Vermelho tinha 19 anos e imediatamente percebeu que aquelas pessoas ensaiando todo dia, com vontade de deixar a música pronta, era exatamente o que estava procurando. Fisgado pelo Barão, formado aquela altura por Mauricio Barros, Dé Palmeira e Guto Goffi, Frejat logo encontrou afinidades para compor com Cazuza – o último a entrar no grupo.

A parceria deu personalidade autoral à banda e é uma das mais ricas da música brasileira. Em 2001, o Barão Vermelho resolveu parar suas atividades temporariamente. Era a oportunidade para Frejat multiplicar seu talento, sem as amarras que às vezes o trabalho em uma banda cria, abrindo assim seu leque de parceiros, com novos músicos e outras formas de lidar com sua criação. O disco “Amor Pra Recomeçar”, lançado no mesmo ano e produzido por Tom Capone, Mauricio Barros e Max de Castro, foi o primeiro passo. Além da música-título, “Homem Não Chora” e “Segredos” foram bem executadas nas rádios.

Durante toda sua carreira Frejat abriu opções para sua criatividade e experiência com a música. Em 1989 produziu o disco da banda punk paulista Inocentes. Seis anos mais tarde em 1995 ,foi o produtor musical do primeiro cd-tributo em homenagem a Roberto Carlos, “Rei”, convidando artistas consagrados e outros que despontavam na época como Chico Science e Nação Zumbi, e Skank. No ano seguinte produziu o cd do grupo pernambucano Jorge Cabeleira e o dia em que seremos todos inúteis. Frejat também atuou como músico, gravando trilhas sonoras e participando de discos de muitos colegas como Cássia Eller, Gal Costa, Dalto, Simone, Fundo de quintal e Evandro Mesquita.

Como compositor, tem uma extensa lista de parceiros: além de Cazuza, Arnaldo Antunes, Luís Melodia, Wally Salomão,Jorge Salomão, Chacal, Gabriel O Pensador, Dulce Quental, Evandro Mesquita, Marisa Monte, Leoni, Lenine, Mauro Santa Cecília, Humberto Effe, Erasmo Carlos, entre tantos outros. Sem lançar material inédito desde “Intimidade Entre Estranhos”, em 2013 Frejat presenteou os fãs com uma nova música, a dançante “O Amor é Quente”, que foi lançada no iTunes junto com outra faixa, a também inédita “Me Perdoa”, uma parceria com George Israel e Mauro Santa Cecilia. Em 2016, Frejat começou a percorrer o país com dois formatos de show, com banda e voz & violão e disponibilizou em todas as plataformas digitais uma seleção de músicas que gravou nos últimos anos mas que estavam espalhadas entre diferentes trabalhos, momentos, plataformas e suportes.

Da Redação
Foto – Divulgação/Sesc

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo