Catanduva

Dia das Crianças no Clube de Tênis Catanduva terá peça teatral e muita diversão

Para comemorar o Dia das Crianças, o Clube de Tênis Catanduva terá uma programação especial. A Cia da Casa Amarela será responsável pela apresentação de uma peça teatral voltada para os pequenos, sob o título de “El Dia que me Queiras”.

A peça conta a história de um casal de pinguins da patagônia argentina que vive o ocaso de uma vida sem novidades. Dançam tango para ganhar dinheiro e sobreviverem. Ela, triste porque não tem filhos. Ele, um cantor de tangos frustrado porque perdeu a voz para cantar.

Até que um dia, quando após uma tempestade, um ovo perdido surge em cena. O que fazer? Ela quer adotá-lo. Ele não quer filhos. Começa então um conflito que envolve a plateia em muitas gargalhadas, reflexão e encantamento. “O objetivo é fazer o público refletir sobre a aceitação e a importância da família. Muitos pontos são levantados na peça sobre dar sentido à vida, sair da zona de conforto, superar limites, aceitar o outro, dar amor, a herança familiar, cultural e espiritual que se passa aos filhos”, disse Carlinhos Rodrigues, da Cia da Casa Amarela.

A expectativa por parte do grupo é que não somente as crianças, mas também os adultos se divirtam, se encantem e se deixem levar por essa história divertida e sensível.

Além disso, para tornar o momento mais divertido, haverá pipoca, sorvete e algodão doce de graça e muitas brincadeiras. “Esperamos atrair muitas crianças e também os familiares para curtir um dia agradável e de muita diversão aqui no clube. Todos estão convidados para comparecer ao nosso evento, no dia 12 de outubro, a partir das 14 horas”, disse o presidente do CTC, Christian Pardo Pizarro. A entrada é um litro de leite e o evento é aberto a todos.

Cia da Casa Amarela também se apresenta hoje, dia 11

Hoje, a partir das 19h30, também no CTC, a Cia Amarela apresenta o espetáculo “Nossos dias mais felizes”. A entrada é um litro de leite e o evento é aberto para toda população.

A peça teatral, encenada por Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues, conta a história do simpático casal de velhinhos Charlôt e Edith que, com humor e sensibilidade, refaz sua trajetória de vida, infância, juventude e casamento para sobreviver ao cotidiano. A rotina do casal é apresentada em três etapas e durante elas, enquanto envelhecem, Charlôt se desdobra para cuidar de Edith – sempre vaidosa – em meio a cenas engraçadas e tocantes. “O espetáculo fala sobre o amor entre o casal”, disse Carlinhos Rodrigues.

Segundo Carlinhos, o grande objetivo da peça é tocar todo o público: adultos, jovens, crianças, casais ou solteiros, sobre o amor. “Principalmente a parte do tomar conta, o cuidar de quem se ama. Nessa época em que vivemos, de tanto individualismo e consumismo, a peça resgata o carinho e o respeito de duas pessoas que se amam de verdade. O amor existe e devemos cultivá-lo”, disse.

Além de colaborar com a doação de um litro de leite, o público também vai se alimentar de cultura, com um espetáculo elogiado, profundo e delicado. “Há 22 anos, criamos esse teatro que sensibiliza e emociona, encanta e floresce no coração de gerações que já assistiram a Cia da Casa Amarela”, ressaltou Carlinhos.

Mais informações sobre os eventos na secretaria do CTC ou pelo telefone 17 3524-9300.

Da Redação
Foto ilustrativa – Divulgação

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo