Catanduva

Trem descarrila no Centro de Catanduva; confira galeria de fotos

Um trem carragado com açúcar descarrilou na manhã desta sexta-feira, 16, no perímetro urbano de Catanduva. O incidente foi registrado próximo a uma instituição de ensino. Ainda não há relatos de feridos. Homens da Guarda Civil Municipal (GCM) e do Corpo de Bombeiros estão no local para a avaliação dos danos.

De acordo com testemunhas, toda a carga ficou espalhada pelo local. Devido ao descarrilamento, o trânsito na Rua Florianópolis está lento e a orientação é que motoristas procurem rotas alternativas.

Há três anos, praticamente no mesmo ponto, um trem carregado de soja descarrilou e chegou a derrubar parte dos muros da instituição de ensino.

A retirada dos trilhos do Centro de Catanduva tem sido alvo constante de ações políticas, há vários anos, mas até hoje não teve nenhum tipo de ação efetiva e concreta.

Comunicado

A Prefeitura de Catanduva emitiu um comunicado sobre o acidente. Confira:

A Prefeitura de Catanduva comunica o registro de um descarrilamento de um trem de carga na região central na manhã desta sexta-feira, dia 16. Ninguém ficou ferido. De acordo com as primeiras informações obtidas no local, cinco vagões saíram dos trilhos e dois deles tombaram perto do muro de um barracão. Devido ao acidente, duas passagens de nível que cortam o perímetro urbano foram interditadas pelas ruas Florianópolis e 15 de Novembro. Até este momento, apenas o fluxo de veículos da rua 15 de Novembro foi liberado. A Defesa Civil acompanha a ocorrência e identificou danos na pavimentação asfáltica. Os trilhos e dormentes no cruzamento também ficaram comprometidos. A Guarda Civil Municipal permanece nas proximidades orientando motoristas para rotas alternativas. A composição que se envolveu no descarrilamento tem 77 vagões e quatro máquinas. Funcionários da empresa que administra a malha férrea estão trabalhando no local.

Confira mais fotos enviadas pelo aplicativo WhatsApp por nossos leitores:

Obs: Clique nas fotos para ampliar

Da Redação
Fotos – Colaboração/Leitores/WhatsApp

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo