Catanduva

Governo Federal também reconhece ‘Situação de Emergência’ em Catanduva

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu a “Situação de Emergência” em áreas de Catanduva, pela portaria n.° 61, de 15 de maio de 2017. A decisão segue indicações feitas no Fide – Formulário de Informações de Desastre. Além de Catanduva, o decreto abrange mais nove cidades.

No dia 10, o Governo do Estado de São Paulo também reconheceu a “Situação de Emergência” em áreas de Catanduva, por meio do decreto n° 62.577. O documento foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin, seguindo manifestação da chefe da Casa Militar e coordenadora de Defesa Civil, coronel Helena dos Santos Reis.

A “emergência” foi declarada, por decreto, em 13 de abril, um dia depois que uma violenta chuva atingiu Catanduva, agravando problemas causados por eventos anteriores de mesma natureza. Naquela data, o excessivo volume de água provocou enxurradas e inundações em vários pontos.

A Prefeitura contabilizou prejuízos materiais, ambientais, econômicos e sociais, que demandam a necessidade de reconstrução da ponte que caiu na avenida Eng. José Nelson Machado, próximo ao cruzamento com a rua Amazonas, além da limpeza de córregos, recapeamento, implantação de galerias pluviais e assistência aos atingidos.

Recursos

A Prefeitura pleiteia R$ 642,3 mil para reconstruir a ponte e outros recursos que viabilizem a implantação de galerias pluviais na rua Altair, solucionando alagamentos na avenida José Nelson Machado, e na rua Antônio Girol, próximo à avenida Daniel Soubhia. Outra área monitorada são os fundos da rua Ibirá, passível de inundação.

Da Redação
Foto – Divulgação/Arquivo NM

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo