Catanduva

“Emílio Carlos” obtém o selo adesão de Hospital Amigo do Idoso

Com a assinatura do Termo de Adesão pelo presidente da Diretoria Administrativa da Fundação Padre Albino, José Carlos Rodrigues Amarante, e o consequente compromisso de executar as ações propostas, o Hospital Emílio Carlos obteve habilitação para receber o Selo Amigo do Idoso.

Instituídos pelo Decreto nº 58.047, de 15/05/12, o Programa São Paulo Amigo do Idoso e o Selo Amigo do Idoso foram criados como instrumento de promoção de amplo processo de mobilização regional, de diversos setores governamentais e da sociedade, para desenvolver territórios amigáveis a todas as idades, com foco no envelhecimento ativo do Estado de São Paulo.

Assinado o termo de adesão, o Hospital Emílio Carlos precisa implantar, no prazo de um ano, as sete ações consideradas obrigatórias para a obtenção do primeiro selo – o Selo Inicial. Novas ações deverão ser implantadas para o Selo Intermediário e a partir desse nível será realizada avaliação pela Comissão de Avaliação do Selo do Hospital Amigo do Idoso da Secretaria Estadual da Saúde com visitas técnicas de verificação in loco. O prazo para realização é de um ano, a contar de abril/2017. O último a ser conquistado é o Selo Pleno.

Das sete ações necessárias, cinco já estão atendidas: realização de diagnósticos com idosos que frequentam hospital, cuidadores e colaboradores; realização de inventário das ações já realizadas pelo hospital com focos nos idosos; inserir ações voltadas aos idosos no planejamento do hospital; elaborar plano de acessibilidade com foco nas necessidades dos idosos e criação da Comissão para a obtenção da certificação.

O gerente de serviços de saúde do Hospital Emílio Carlos, Benedito (Benê) Carlos Rodrigues, disse que 72,9% dos pacientes internados estão na faixa etária acima de 50 anos e 44,71% acima de 65 anos.

“O perfil nosológico do hospital justifica nossa adesão ao projeto”, constata. Para ele, o “Emílio Carlos”, na condição de prestador de saúde junto a Secretaria Estadual de Saúde, busca o selo Hospital Amigo do Idoso “a fim de manter a busca constante no aprimoramento dos seus conceitos e valores geriátricos e gerontológicos, tornando-se modelo assistencial cada vez melhor preparado para o futuro”.

Benê esclarece que o selo permitirá, através das sete ações e critérios para sua obtenção, que o Hospital Emílio Carlos reveja seus processos de comunicação e informação, o ambiente físico e o sistema de gestão assistencial, agora com foco em conceitos e valores geriátricos e gerontológicos, alinhados a visão institucional de ser reconhecido como um dos melhores complexos  hospitalares pela excelência na assistência.

Da Redação

Foto – Divulgação/Assessoria FPA

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo