Saúde e Bem-Estar

Dia do Oftalmologista: Previsões e Novidades na Saúde dos Olhos

Ontem, dia 07 de maio, comemorou-se o Dia do Oftalmologista, e em alusão à data os especialistas Dr. José Renato Pizarro e Dr. Thiago Pardo Pizarro destacam as previsões para a área da saúde dos olhos.

Crescimento de Doenças

A população envelhece em um ritmo muito rápido e, com isso, as principais doenças que acometem a população e que, geralmente, surgem após os 40 anos, ganham maior proporção. “Catarata, glaucoma e DMRI são doenças que aparecem com a idade avançada e, por isso, entendemos que haverá cada vez mais pacientes com estas doenças. Algumas são possíveis de evitar ou retardar o aparecimento, mas, para que isso aconteça, as consultas periódicas são importantes, para que haja um acompanhamento médico de cada caso”, explicam os oftalmologistas.

Cirurgias a laser

Em contrapartida, a população mais jovem busca a independência, a autoestima, a estética. E os óculos, muitas vezes, são vistos como empecilhos. Dessa forma, aqueles que têm miopia, hipermetropia ou astigmatismo procuram cada vez mais soluções para não precisar mais usar os óculos. “Vemos um crescimento progressivo da procura por cirurgias refrativas a laser, à medida que o poder de consumo da população também cresce. Hoje em dia, este tipo de cirurgia já é acessível para a maior parte da população, o que só faz a procura aumentar”, destacam.

Novas tecnologias

As novas tecnologias que vêm surgindo oferecem cada vez mais segurançae resultado na realização de procedimentos e cirurgias, o que encoraja as pessoas a experimentarem. “As lentes intraoculares multifocais são um exemplo disso. Antes, quando um paciente fazia a cirurgia de catarata, ele tinha apenas a opção da lente monofocal, que substituía o cristalino opacificado e depois tinha que continuar usando os óculos. Agora, com as lentes multifocais, agrega-se também a possibilidade de curar miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia. São novas possibilidades que se abrem”, ressaltam os médicos.

Contudo, vale sempre lembrar que a visita regular ao oftalmologista pode ajudar tanto na prevenção de possíveis doenças quanto na detecção precoce de novas patologias. “Sempre frisamos esta questão: visite seu oftalmologista, pelo menos, a cada seis meses. Os exames de rotina são importantes para a saúde dos olhos”, finalizam Dr. José Renato Pizarro e Dr. Thiago Pardo Pizarro.

Da Redação
Foto – Divulgação/Arquivo NM

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo