Catanduva

Dengue: Avaliação de Densidade Larvária de abril fica em 2,3%

A Secretaria de Saúde de Catanduva registrou queda na quantidade de larvar de dengue encontradas no município. Pelo menos foi o que mostrou o último levantamento na pesquisa de Avaliação de Densidade Larvária (ADL) realizada durante o mês. O índice geral ficou em 2,3%, abaixo da amostragem anterior, quando o percentual foi de 5,2.

Com este resultado, de acordo com a Secretaria, o município deixa a situação de “risco de surto”, mas permanece em “estado de alerta”. O índice considerado tolerável pelo Ministério da Saúde é de 1%.

Para realizar o levantamento, os agentes de endemias passaram por 7.563 imóveis, mas quase a metade não foi vistoriada. No momento da inspeção, 3.838 casas estavam abertas para visita e 3.725 fechadas.

Conforme a avaliação, os bairros que apresentaram menor vulnerabilidade para infestação estão nas áreas: 2 (1,4%) e 4 (1,8%). Na seqüência aparecem as áreas 1 (2,0%), 3 (2,8%) e 5 (3,5%).

De acordo com o setor, o foco inicial do trabalho preventivo serão as áreas onde o índice larvário está maior. Posteriormente, a equipe de combate irá atender os locais que se encontram com menor índice.

Dentre as medidas, a equipe dará continuidade ao mutirão e retirada de materiais inservíveis e ao plantão de combate ao vetor aos sábados, por meio do convênio firmado com o Estado no programa “Todos juntos contra o Aedes aegypti”.

O ADL é considerado um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da dengue, o que possibilita aos gestores locais de saúde antecipar as ações de prevenção.

Resultados

Fonte: Secretaria de Saúde

Da Redação

Foto – Arquivo/NM

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo