Cidades

Circuito Sesc de Artes tem ínicio no dia 28 e passará por seis cidades

O Circuito Sesc de Artes traz em sua programação diferentes ações de música, dança, teatro, circo, cinema, literatura, artes visuais e tecnologias. Realizado pelo Sesc São Paulo, em 2017 o evento itinera por 118 cidades (quatro a mais que no ano passado) do interior, litoral e Grande São Paulo. A capital recebe o Circuito pelo terceiro ano consecutivo. Todas as atividades são gratuitas e livres para todos os públicos. A programação envolve 80 trabalhos artísticos com 529 artistas em 882 apresentações, sempre de sexta a domingo.

Entre os dias 28 e 30 de abril, a Orquestra Frevo Capibaribe, Patrimônio imaterial da humanidade, faz show em Monte Alto, Olímpia e Ibirá. Por lá, também irá passar a trupe circense Coletivo Nopok, com o espetáculo Carrilhão, onde mercadores de diferentes épocas e lugares do planeta ganham vida no espetáculo cheio de acrobacias e truques de equilíbrio. O público também vai dançar junto com estrelas de cinema na instalação interativa Cine Dance!, que irá fornecer figurino e fones de ouvido e exibir trechos de filmes famosos, como Dirty Dancing: Ritmo Quente e Saturday Night Fever: Os Embalos de Sábado à Noite.

No mesmo fim de semana, as cidades de Bebedouro, Santa Adélia e Novo Horizonte recebem a banda Trupe Chá de Bolso, que faz a trilha sonora ao vivo para o filme A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971), relembrando a emoção de quando a trilha musical era tocada ao vivo nos cinemas. A intervenção poética-literária Travessias de Rosa a Candido, do Grupo Flor de Chita, leva a região textos, causos e canções inspirados nas obras do escritor Guimarães Rosa e do crítico literário Antonio Candido. O espetáculo circense Irmãos Zíngaros, da Cia. Circo Delírio, que faz referência ao universo de artistas itinerantes e usam a comédia física, o humor ácido e a participação do público no palco, também passa pelas três cidades.

Gabinete de Curiosidades e Habilidades, que participa pelo segundo ano consecutivo com nova programação, levando aos espaços públicos, à moda dos traveling shows, cinema, literatura, artes visuais e Tecnologias. Serão exibidos filmes mudos em curta metragem dirigidos e protagonizados por Charles Chaplin, criador do personagem Carlitos, e ainda oficinas de Stickr: Adesivos Personalizados e Óculos 3D, além de um acervo de livros para atividades coletivas de leitura e mediação.

As apresentações serão realizadas em espaços públicos, como praças e ruas para todos os públicos com atividades gratuitas. Nessa iniciativa, o Sesc SP tem a parceria das prefeituras e sindicatos do comércio locais.

Da Redação
Foto – Luciano Senger

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo