Tecnologia

Cartilha traz 10 dicas para comprar com segurança na Black Friday

A Black Friday, dia de descontos mais esperado do ano, acontece no dia 25/11, e é sempre bom o consumidor ser cauteloso na hora da compra online. Com o objetivo de ajudar o e-consumidor a ter a melhor experiência no dia da promoção, a camara-e.net e a Braspag elaboraram a cartilha da compra segura. “Uma das primeiras recomendações é pesquisar e comparar preços do item desejado antes e durante o evento. E isso vale tanto para as lojas virtuais quanto para as lojas físicas”, diz Leandro Soares, coordenador do Comitê de Varejo Online da camara-e.net. Abaixo, veja as dicas da cartilha:

1. Verifique se o site da loja exibe endereço, telefone fixo ou filial física. Observe informações como razão social, CNPJ e confirme esses dados no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Se a situação estiver “baixada”, “cancelada” ou “inativa”, desista da compra. Alguns sites não possuem essas informações por conta das políticas da empresa ou formato de comercialização, como é o caso de marketplaces. As lojas com o selo Black Friday Legal 2016 já passaram por essa checagem;

2. Pesquise sobre a reputação da loja ou site que você escolheu. O Procon traz uma lista atualizada mensalmente de sites não recomendados: (http://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php).

3. Verifique se o produto desejado faz parte da promoção. As lojas virtuais não são obrigadas a colocar todos os seus produtos na promoção. Em vez disso, selecionam alguns itens de seu portfólio. Se a indicação não estiver visível ao selecionar o produto desejado, tente tirar sua dúvida com a loja por meio dos canais de contato disponibilizados no site.

4. Consulte os sites que facilitam a comparação de preços, produtos e serviços. Eles são excelentes fontes de informação, e estão constantemente atualizados.

5. Tenha antivírus, antispyware, firewall e tudo o que for possível para evitar que qualquer usuário mal-intencionado tenha acesso às suas informações.

6. Evite utilizar computadores públicos para as compras, a fim de garantir maior segurança dos seus dados. Lembre-se de que é possível comprar pelo smartphone ou tablet, além do computador convencional.

7. Use sites que tragam serviços de pagamento de renome.

8. Verifique se a loja possui conexão de segurança nas páginas em que são informados os dados pessoais do cliente como nome, endereço, documentos e número do cartão de crédito. Geralmente essas páginas são iniciadas por http:// e o cadeado está ativado (ícone visualizado em uma das extremidades da página). Clique no cadeado e observe se a informação do certificado corresponde ao endereço na barra de navegação do computador.

9. Leia as condições de prazos de entrega e a política de trocas e devoluções antes de finalizar a compra. Se tiver dúvidas, ligue entre em contato com a loja para saná-las.

10. Guarde todas as informações e e-mails referentes à compra, como número do pedido, confirmação de pagamento e código de rastreio do envio.

Observados estes cuidados, o e-consumidor poderá realizar sua compra de forma segura e tranquila.

Da Redação
Foto – Divulgação/Arquivo NM

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo