Política

Câmara sediará audiência pública para discutir proibição da pulverização aérea no Estado

Os projetos de lei n.º 405 e 406/2016, de autoria do deputado estadual Padre Afonso Lobato (PV) serão discutidos em audiência pública no próximo dia 22 de maio, na Câmara de Catanduva, às 15h. O evento será realizado conjuntamente com o deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos-SP).

Os projetos, que já foram debatidos em audiência realizada em março desse ano e que estão em tramitação na Assembleia Legislativa, tratam respectivamente da proibição no Estado, da pulverização aérea e do uso de defensivos agrícolas que contenham em sua composição clotianidina, tiometoxam ou imidaclopride, isoladamente ou em associação aos seus derivados.

O objetivo, segundo Padre Afonso, é coibir os efeitos negativos da pulverização, que causa a morte de abelhas e danos ao meio ambiente, afetando cursos d’água e populações urbanas.

“É sabido que esse processo, aliado ao uso das substâncias citadas – já proibidas pela União Europeia em 2013 – causa o extermínio de abelhas, prejudicando os apicultores e toda a população, uma vez que abelhas são as responsáveis pela polinização de 70% dos alimentos”, afirma o parlamentar.

Segundo o professor Dr. Lionel Segui Gonçalves, membro titular da Academia Brasileira de Ciências, só no Estado de São Paulo, cerca de 7,5 mil colônias já foram afetadas, com a morte de mais de 500 milhões de abelhas.

A audiência deve reunir empresas de aviação agrícola, apicultores, ambientalistas, engenheiros agrônomos e outros segmentos e servirá para trazer subsídios para o aperfeiçoamento dos projetos de lei.

Da Redação
Foto – Divulgação/Arquivo NM

Clique para Comentar

Deixe uma resposta

Topo